Artigos

O Diabetes, seus diferentes tipos e sintomas

A Diabetes trata-se de uma doença provocada pela deficiência de produção e/ou ação da insulina, que leva à sintomas e complicações crônicas.

E quais são os tipo de diabetes?

DIABETES TIPO 1

Aparece como resultado de uma destruição das células beta produtoras de insulina por engano, pois o organismo acha que são corpos estranhos. Isso é chamado de “resposta autoimune”.

Encontram-se vários fatores que parecem estar ligados ao diabetes tipo 1. Entre eles, incluem-se a genética, os auto-anticorpos, os vírus e os radicais livres do oxigênio.

 

DIABETES TIPO 2

Possui um fator hereditário maior que no tipo 1. Há grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60% a 90% dos portadores da doença sejam obesos. A incidência é maior após os 40 anos.

Suas células não conseguem metabolizar a glicose suficiente da corrente sanguínea. Esta é uma anomalia chamada de “resistência insulínica”.

O diabetes tipo 2 é cerca de 8 a 10 vezes mais comum que o tipo 1 e pode responder ao tratamento com dieta e exercício físico, além de necessitar de medicamentos orais e em alguns casos, a combinação destes com a insulina.

DIABETES GESTACIONAL

Na gravidez, duas situações envolvendo o diabetes podem acontecer: a mulher que já tenha diabetes e engravida, ou o diabetes gestacional. O diabetes gestacional é a alteração das taxas de açúcar no sangue que aparece ou é detectada pela primeira vez na gravidez. Pode persistir ou desaparecer depois do parto.

SINAIS E SINTOMAS DO DIABETES

Pessoas com níveis altos ou mal controlados de glicose no sangue podem apresentar

  • Muita sede;
  • Vontade de urinar diversas vezes;
  • Perda de peso (mesmo sentindo mais fome e comendo mais do que o habitual)
  • fome exagerada
  • visão embaçada
  • infecções repetidas na pele ou mucosas
  • machucados que demoram a cicatrizar
  • fadiga (cansaço inexplicável);
  • dores nas pernas por causa da má circulação.

Em alguns casos, não há sintomas. Isto ocorre com maior frequência no diabetes tipo 2. Neste caso, a pessoa pode passar muitos meses, às vezes anos, para descobrir a doença. Os sintomas muitas vezes são vagos, como formigamento nas mãos e nos pés.

Portanto, é importante pesquisar diabetes em todas as pessoas com mais de 40 anos de idade, com histórico familiar, sedentário, HDL baixo, triglicerídeos elevados e hipertensão arterial.

TRATAMENTO

  • Dieta
  • Atividade física
  • Hipoglicemiantes orais e insulina – se necessário
  • Controlar o peso
  • Controlar a pressão arterial
  • Evitar medicamentos que posam agredir ao pâncreas (cortisona, diuréticos Tiazídicos), por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *